Manipulação ou chantagem emocional?

Você sabe identificar quando está sendo vítima de uma chantagem emocional ou manipulação?


Trata-se de uma estratégia usada por algumas pessoas para conseguir aquilo que desejam, mas de uma forma indireta e desleal. A maior parte das pessoas que manipulam conseguem provocar no outro sentimentos de: pena; culpa; obrigação ou medo, constrangendo a outra pessoa a ceder.


É claro que todos nós de alguma forma fazemos isso, só que numa proporção bem menor. Quem é que nunca fez uma expressão triste para um filho ou marido para que eles cedessem aos seus pedidos? Afinal aprendemos desde cedo que chorar e fazer manha traz a atenção dos adultos e os faz ceder as nossas vontades. Mas, à medida que crescemos, também vamos aprendendo a falar o que queremos e o que não queremos de uma forma clara.


Em algumas famílias, os joguinhos ou chantagens emocionais são uma característica constante nos relacionamentos. As crianças aprendem com os adultos que essa é a melhor forma delas conseguirem o que querem. Com o passar do tempo elas vão se tornando “experts” nesses joguinhos. O que era algo pequeno e inocente se torna uma estratégia complexa de dissimulação.


Conviver com pessoas que usam dessa estratégia pode causar bastante ansiedade e confusão, portanto é preciso saber como lidar.


Em primeiro lugar só existe um chantagista ou manipulador quando há um generoso que vive dominado pelo sentimento de culpa ou obrigação.


Para identificar se você está sendo vítima de chantagem emocional é importante ficar atento se você está sentindo -se coagido a fazer o que o outro quer através da culpa, senso de dever ou medo e não pela sua própria vontade.Outro ponto é perceber se existe alguma ameaça ou pressão psicológica para você ceder.


Normalmente, o chantageador é alguém bastante inteligente, que consegue captar os pontos fracos da sua vítima.


Ele consegue o que quer usando aquilo que a pessoa mais teme, que pode ser: rejeição; silêncio; gritos; Ele usa também reforços positivos quando a pessoa faz aquilo que ela quer. Esses reforços podem ser: dinheiro, presentes, poder, status ou desejos satisfeitos.


A pessoa que cede constantemente a chantagem ou manipulação é movida pelo medo de não agradar ou de se sentir culpada. Com o tempo a sua autoestima vai diminuindo, pois ela passa a viver de acordo com os valores dos outros, desrespeitando os próprios.


Para sair desse tipo de situação é preciso se questionar sobre seus sentimentos de culpa e responsabilidade, se eles não estão sendo excessivos. Se for necessário converse com um amigo em quem possa confiar. Preste atenção no que motiva você a ter determinada ação. Experimente dizer não ao perceber a manipulação. Com o tempo você vai aprender a valorizar aquilo que pensa e deseja e saberá perceber rapidamente uma chantagem ou manipulação.